Outro caso de racismo no esporte! Agora na final do Sulamericano de Rugby 7.

O Campeonato Sulamericano de Rugby Seven terminou hoje, no Chile, com uma excepcional participação dos Tupis, que ficaram com o vice-campeonato em uma decisão contra os Pumas (Brasil 14 x 26 Argentina), como é conhecida a tradicional seleção argentina. A trajetória brasileira ainda teve uma bela campanha na primeira fase, que contou com um histórico triunfo contra essa mesma Argentina, por 19 x 10.


Entretanto, o dia que poderia ter sido apenas de festa, acabou manchado por mais um triste caso de racismo. No chat da transmissão da decisão, em que torcedores podiam se manifestar, dentre tantas mensagens de apoio, um perfil de nome “Zorro Patagônico”, às 14h31, postou o seguinte comentário, se referindo à seleção brasileira: “sopa de macaco”.


O comentário foi imediatamente repreendido por um torcedor brasileiro, Werner Grau, que, em caixa alta, respondeu: “TE FALTA UM MÍNIMO DE RESPEITO HUMANO, VOCÊ VIVE NO SÉCULO PASSADO”. E, completou: “VENHA AO BRASIL, TE MOSTRO UM POUCO DA CULTURA DOS MACACOS.”


O perfil “Zorro Patagônico”, ao ser repreendido, agiu com a maior naturalidade, replicando: TODO BIEN NO TE CALENTES.

O Brasileiro, indignado com a situação, seguiu com as respostas: “VOCÊ OFENDE E ACHA QUE ESTÁ TUDO BEM?” “TIVESSE NO MESMO ESPAÇO QUE VOCÊ, TE ENSINARIA UM POUCO DE EDUCAÇÃO.”


Em suas redes sociais, Werner Grau fez um vídeo relatando o ocorrido e falando um pouco sobre racismo no esporte cliqueaqui.


Não temos informação se haverá alguma ação oficial da CBRu, ou alguma investigação ou punição por parte da organização do Sulamericano de Rugby Sevens. (lembrando que o fato relatado ocorreu há apenas 3 horas).


Um debate que precisa ser colocado é a importância de se discutirem medidas de controle nos chats e comentários, principalmente agora em que as transmissões via streaming tem se popularizado no esporte.


Mecanismo que coíbam a interação de perfis fakes, com a presença de moderadores nos chats das transmissões, termo de uso e regulamentos que responsabilizem os autores por seus comentários.


Os chats de transmissão esportiva não podem ser terra de ninguém, e campo aberto para manifestações racistas e preconceituosas, e, assim como houve a aplicação de regras rígidas contra manifestações similares nos estádios, precisamos discutir a aplicação dessas regras nas transmissões interativas.







53 visualizações0 comentário